II SBBS 2017

Simpósio Brasileiro de Biologia Subterrânea

Carregando Eventos
  • Este evento já passou.

II SBBS 2017

Evento II SBBS 2017

O II Simpósio Brasileiro de Biologia Subterrânea (II SBBS 2017), organizado pelo Centro de Estudos em Biologia Subterrânea, ocorrerá na UFLA. O principal objetivo desta edição do simpósio é a divulgação do conhecimento que vem sendo produzido em pesquisas sobre biologia e geologia nos ambientes subterrâneos e promover integração entre alunos, profissionais e pesquisadores, que constituem o público alvo do evento. Eventos como este são essenciais não só para o desenvolvimento de pesquisas em biologia subterrânea no Brasil, mas também para suscitar melhorias em políticas públicas relacionadas ao uso e conservação do patrimônio espeleológico, uma vez que proporcionam intercâmbio de ideias entre diferentes atores sociais.

 

Objetivo: O objetivo do evento é a divulgação do conhecimento produzido por pesquisas realizadas em ambientes subterrâneos, bem como promover a integração entre alunos, profissionais e pesquisadores.

 

Programação Geral: A programação conta com palestras, mesas redondas, apresentações orais e quatro minicursos. O período para submissão de resumos vai de 02 de agosto a 15 de setembro. Maiores informações sobre a programação do II Simpósio Brasileiro de Biologia Subterrânea podem ser conferidas no site oficial do evento.

Inscrições:

As inscrições para o II SBBS 2017 já estão abertas e vão até o dia 30 de setembro, com desconto para aquelas realizadas até o fim de julho. Os valores variam de R$180,00 (estudantes) até R$ 320,00 (profissional, último lote).
II Simpósio Brasileiro de Biologia Subterrânea-Inscrições

————————————————————————————————————

Programação

02/10/2017| Segunda-feira
16:00h Entrega do material
18:00h Cerimônia de abertura
19:00h Inauguração oficial do CEBS
19:30h Coquetel de abertura

 

03/10/2017| Terça-feira
9:00h às 9:45h Palestra de Abertura | Palestrante: Guilherme Oliveira
Coffee-break
10:00h às 10:45h Palestra: Lux in Tenebris: Opiliões exemplificam a importância da fauna troglóbia na compreensão da história evolutiva e biogeográfica da Região Neotropical | Palestrante: Abel Pérez González
11:00h às 11:45h Palestra: Ritmos biológicos em peixes cavernícolas | Palestrante: Bruno Gonçalves
Almoço
Mesa Redonda – Morcegos
14:00h às 14:30h Maricélio Medeiros Guimarães
14:30h às 15:00h Valéria da Cunha Tavares
15:00h às 15:45h Patrício Adriano da Rocha
Coffee-break
16:30h às 18:00h Apresentações orais

 

04/10/2017| Quarta-feira
MINI-CURSO
8:00h às 12:00h Abel Pérez González: Fundamentos para o estudo dos opiliões troglóbios brasileiros.
8:00h às 12:00h Luiz Felipe Moretti: Aspectos biológicos e morfológicos de diplópodes cavernícolas no Brasil.
Almoço
MINI-CURSO
14:00h às 18:00h Mylene Berbert-Born: Geossistemas carbonáticos – Panorama sistêmico do meio físico cárstico (Conceitos e aplicações)
14:00h às 18:00h Maricélio M. Guimarães: Morcegos como ferramenta de proteção de cavernas

 

05/10/2017| Quinta-feira
9:00h às 9:45h Palestra: Importância da Bioespeleologia na criação de Unidades de Conservação. | Palestrante: Diego de Medeiros Bento
Coffee-break
10:30h às 11:15h Palestra: Nova lei de compensação por danos ao patrimônio espeleológico do estado de Minas Gerais | Palestrante: Igor Costa
11:30h às 12:15h Palestra: Nova Instrução Normativa referente ao decreto 6.640 | Palestrante: Jocy Brandão Cruz
Almoço
Mesa Redonda – Área de Influência
14:00h às 14:30h Marcus Paulo de Oliveira
14:30h às 15:00h José Antônio Ferrari
15:00h às 15:30h Mariane Ribeiro
Coffee-break
16:30h às 18:00h Apresentações orais

 

06/10/2017| Sexta-feira
9:00h às 9:45h Palestra: Projeto Potiicoara | Palestrante: Lívia Medeiros Cordeiro-Borghezan
Coffee-break
10:30h às 11:15h Palestra: Critérios de avaliação da IUCN para o risco de extinção aplicados aos colêmbolos de cavernas | Palestrante: Douglas Zeppelini
11:30h às 12:15h Palestra: Platôs ferruginosos na região de Carajás: hotspots de biodiversidade subterrânea? | Palestrante: Rodrigo Lopes Ferreira
Almoço
Mesa Redonda – Educação Ambiental, Turismo, Divulgação do Conhecimento
14:00h às 14:30h Marconi Souza Silva
14:30h às 15:00h Heros Lobo
15:00h às 15:30h Christiane Ramos Donato
Coffee-break
16:30h às 18:00h Apresentações orais
20:00h Festa de encerramento

 

Minicursos

Morcegos como ferramenta de proteção de cavernas
Ministrado por: Maricélio de Medeiros Guimarães – Panorama Ambiental

Público Alvo: Bioespeleólogos, quiropterólogos, espeleólogos, consultores ambientais, graduandos e demais interessados na proteção das cavernas.

Ementa:
Diversidade de morcegos brasileiros e quais são cavernícolas;
Importância dos morcegos para manutenção do ecossistema cavernícola e a importância das cavernas para os morcegos;
Estudos sobre morcegos e cavernas;
Análises da quiropterofauna para determinação do grau de relevância das cavernas;
Área de vida dos morcegos e a determinação da Área de Influência da Caverna;
Como proteger as cavernas utilizando como ferramenta os estudos ambientais sobre os morcegos.

 

Geossistemas carbonáticos – Panorama sistêmico do meio físico cárstico (Conceitos e aplicações)
Ministrado por: Mylène Berbert-Born – Serviço Geológico do Brasil – CPRM

Público-alvo: Pesquisadores e profissionais que atuam em terrenos cársticos; estudantes com conhecimentos básicos de espeleologia.

Ementa:
Sistemas e geossistemas – breve revisão conceitual;
Organização cárstica: dimensões espaço-temporais sistêmicas e fatores determinantes;
à estrutura: componentes/variáveis, vínculos, escalas, compartimentos, estágios e tipos;
ao funcionamento: parâmetros, processos, interatividade/ interdependências, controle, evolução);
Fragilidade e vulnerabilidade dos ambientes cársticos (perspectiva física);
Ferramentas de diagnóstico e prognóstico ambiental aplicadas ao carste (perspectiva física).

 

Aspectos biológicos e morfológicos de diplópodes cavernícolas no Brasil
Ministrado por: Luiz Felipe Moretti Iniesta – Universidade de São Paulo
Público-alvo: Bioespeleólogos e consultores com prévio conhecimento sobre biologia animal

Ementa:
Breve histórico dos estudos de diplópodes no Brasil;
Distribuição dos grupos no país;
Sistemática e principais características identificáveis;
Noções básicas sobre morfologia externa e genital dos principais grupos cavernícolas;
Diferencas taxonômicas entre espécies e suas problematizações;
Desafios e perspectivas.
Bibliografia básica:

 

Fundamentos para o estudo dos opiliões troglobios brasileiros
Ministrado por: Dr. Abel Pérez González – Museo Argentino de Ciencias Naturales “Bernardino Rivadavia” – CONICET, Argentina.

Público-alvo: Biólogos ou estudantes de Biologia que tenham aprovado a Zoologia de Invertebrados (Artrópodes).

Desejável: Com noções de Sistemática e taxonomia.

Ementa :
O que é um opilião?
Noções básicas da morfologia externa e genital;
Sistemática e biogeografia da Ordem com ênfase no Brasil;
Opiliões troglobios brasileiros: a) Familia Gonyleptidae; b) Família Escadabiidae; c) Família Kimulidae;
Desafios e perspectivas;
Considerações finais.

Detalhes

Início: 02 de outubro
Término: 06 de outubro
Website: Visitar Site do Evento

Local

UFLA

Av. Doutor Sylvio Menicucci, 1001 - Kennedy
Lavras - MG,Minas Gerais37.200-000

+ Google Map

Visitar Site do Local

Organizador

Cebs
E-mail:
Website: Visitar Site do Organizador

Classificação

Categorias:



Tipo: Congressos / Simpósios

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *